Creio que sou nova criatura

Wellington Mendes

Pastor da Academia da Fé Duque de Caxias

Cremos na Bíblia! Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus! A Bíblia é Deus, pois Deus e Sua Palavra são um!

Creio que tudo o que está escrito na Bíblia é para mim! Para meu crescimento, minha correção, para minha instrução. É vida para mim!

2 Timóteo 3:16-17  diz:

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra”.

Vemos que há uma utilidade e um propósito nas instruções de Deus para nossas vidas. Mas eu preciso crer.

Utilidade fala sobre ensino, repreensão, correção, educação. Propósito tem a ver com cumprirmos o chamado de Deus em nossas vidas e  sermos perfeitos e perfeitamente habilitados para toda boa obra, sendo, cada dia,  mais semelhantes a Jesus.

Mas o quanto é verdade o que a Bíblia (Deus) nos diz sobre Ele e sobre nós? Essa é uma pergunta que temos que nos fazer sempre e a resposta a ser buscada é que a Palavra de Deus é verdade em todos os aspectos de nossas vidas, ou seja, que cremos e não abrimos mão do que Deus tem dito para nós e também a nosso respeito.

Crer é decisão

Crer (viver por aquilo que crê) é uma decisão. Não é uma decisão de um dia ou de uma ocasião, mas de todo dia. Todo dia reconhecer Jesus Cristo como Salvador e Senhor de nossas vidas, todo dia decidir obedecer, todo dia perdoar, muitas vezes, abrir mão da razão para ter paz, orar por quem nos odeia, todo dia matar a carne.

Em Gálatas 2:20, está escrito: 

“Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.”

No entanto, só é possível matar a carne a partir do entendimento de nossas vidas já não são mais nossas. 

A entrega real a Jesus

Se entreguei minha vida para Jesus, ela não é mais minha, mas dEle. Se Jesus é meu dono, devo seguir a orientação dEle sobre o que fazer com minha vida. Se meu corpo pertence a Jesus, não sou dono do meu nariz e devo, sim, perguntar a Ele como tratar meu corpo.

Porém, esse é um comportamento que nasce ou se intensifica a partir do crescimento da consciência do que significa entregar a vida para Jesus.

Quando entreguei minha vida para Jesus, realmente, entreguei. Essa deve ser uma reflexão constante de nossa parte. O que significa entregar a vida para Jesus?

Veja o que está escrito em 1 Coríntios 6:19: 

“Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.”

No Oriente, o conceito de aliança e de entrega parece ser mais compreendido do que no Ocidente. Os orientais, quando entregam sua vida a alguém, têm muito bem definido o significado desta entrega. 

As consequências naturais desta entrega são bem claras: rejeição da família, de amigos, e até mesmo a morte. Portanto, pesando todas estas terríveis consequências de uma entrega, entendemos que só é possível compreendê-la se a consciência da realização feita por Cristo na cruz e Seus benefícios eternos for bem clara. Por isso, um muçulmano é capaz de entregar sua vida a Cristo.

Justiça de Deus: nossa nova condição

Veja o que a Palavra de Deus diz sobre nossa nova condição:

Justificados, pois mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5:1);

“Sendo justificados gratuitamente por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos” (Romanos 4:25);

Justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos [e sobre todos] os que creem” (Romanos 3:22);

Veja que Deus está nos afirmando categoricamente que fomos justificados e que temos paz com Ele. E esta justificação não foi por ações que eu tenha feito, por méritos meus ou por obras de caridade, mas pelo que Jesus Cristo fez.

Deus não vai me cobrar por pecados cometidos, pois fui justificado por sua graça, mediante a fé em Jesus Cristo. Ele não lembra dos meus pecados. Homens podem me cobrar, mas Deus, não! Por isso, tenho paz com Deus!

Ele também afirma que os efeitos desta justificação em minha vida vêm pela fé em Jesus Cristo.

A Bíblia (Deus) me diz que eu sou nova criatura. As coisas velhas já se passaram e tudo se fez novo (2 Coríntios 5:17). É Deus nos dizendo isso!

Deus nos diz que somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus, de antemão, preparou para que andássemos nelas (Efésios 2:9).

Deus nos diz que nos predestinou para sermos semelhantes a Jesus (Romanos 8:29).

O que Deus diz sobre nós

Se Deus diz tudo isso a meu respeito e se eu afirmo crer (viver por) na Palavra de Deus, a minha perspectiva diante das circunstâncias muda. Afinal de contas, andamos por fé e não pelo que vemos (2 Coríntios 5:7).

Eu sei quem eu sou, porque Deus diz isso a meu respeito. O que eu tenho agora é a partir do que a Palavra diz. O que eu posso é a partir do que a Palavra de Deus me diz. Mas eu preciso saber o que a Palavra de Deus diz.

Não pode ser através de experiências próprias ou de outros. Não pode ser através do que eu acho. Não pode ser através do que sinto, das emoções ou do cenário que se apresenta para mim. É através do que Deus diz para mim.

Deus diz que derramou o seu amor em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado (Romanos 5:5).

Deus está dizendo aqui que me deu a capacidade dele de amar. Eu tinha necessidade de ser amado quando era a velha criatura. Agora, a minha necessidade é suprida e eu volto ao plano original de Deus, que me gerou para amar. Fomos gerados para amar.

Deus está me dizendo, por Sua Palavra, que o mesmo Espírito que ressuscitou a Cristo Jesus está em mim. Isso é muito poderoso!

Precisamos conhecer e compreender o que Deus diz de si mesmo e o que Ele diz a nosso respeito.

Deus não mente. Deus cumpre Sua Palavra. Deus é bom. Deus nos ama.

Somos filhos amados. Somos novas criaturas. Somos herança de Deus. Somos feitura dEle. Somos cuidados por Ele.

Precisamos encerrar esse ciclo de afirmar crer na Palavra de Deus, mas, diante de circunstâncias, abrirmos mão desta Palavra.

Precisamos entender, de fato, o que Deus vê quando olha para nós. O que Deus vê quando olha para dentro de nós.

De uma forma geral, a visão das pessoas não tem sido a mesma de Deus e, por isso, há tanta instabilidade de sentimentos, há tanta carência, há falta de segurança. Por não ter um entendimento de quem são em Cristo e como Deus as vê.

Se temos o Espírito Santo em nós, já temos tudo!

Gostou do conteúdo? Compartilhe e abençoe a vida de alguém!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *