O Poder do Evangelho

Rafael Frohe

Pastor da Academia da Fé Ribeirão Preto

A maioria dos cristãos tem um entendimento bem rudimentar sobre o Evangelho. No final das contas, para que alguém se torne um cristão de verdade, ele precisa entender o Evangelho, correto?

A verdade é que, se alguém quiser experimentar a verdadeira salvação, esta pessoa precisa saber e entender como Deus nos salva, o que é parte vital do Evangelho.

Mas o Evangelho é muito mais do que isso. O Evangelho descreve os parâmetros pelo qual Deus se relaciona conosco e como Ele trabalha em nossa vida.

Vamos ler Colossenses 1:3-6:

“Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós, 4 desde que ouvimos falar da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes a todos os santos, 5 por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual antes ouvistes PELA PALAVRA DA VERDADE DO EVANGELHO, 6 Que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade.”

Veja como Paulo conecta o fato do Evangelho frutificando ao fato que os antigos cristãos entendiam muito bem sobre a graça de Deus em verdade.

Assim como o amor de Cristo, a graça de Deus tem largura, comprimento, altura e profundidade (compare com Efésios 3:18).

Pelo Espírito Santo, podemos explorar a largura, o comprimento, a altura e a profundidade do Evangelho para que possamos compreender a graça de Deus em verdade. O resultado desta revelação é que o Evangelho irá começar a frutificar e crescer como nunca experimentamos antes. É como se estivéssemos “grávidos” de algo que sabemos que irá mudar a nossa vida por completo.

Romanos 1:16 diz assim:

“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.”

Na introdução à carta aos Romanos, Paulo faz uma afirmação um tanto descarada. Ele diz não se envergonhar do Evangelho, porque é o poder de Deus.

De acordo com Vincent´s Word Studies, a afirmação “o evangelho é o poder de Deus” significa “não somente um meio poderoso nas mãos de Deus, mas em si mesmo é uma energia divina”.

Paulo não diz que o Evangelho contém o poder de Deus, nem tampouco diz que é a chave que abre a porta para o poder de Deus. De acordo com Paulo, o Evangelho é o poder de Deus.

Um exemplo prático

Vamos ver um exemplo da nossa vida diária para poder entender como isto funciona.

Um carro deve andar com combustível, certo?

Os carros vêm equipados com um tanque de combustível e um motor interno de combustão precisamente acertado para converter a gasolina (ou etanol) em movimento para o carro. Mas, até que o tanque esteja com combustível e seja dada a partida no motor, o carro não passa de um peso morto.

Você já esteve em um carro que ficou sem combustível? Imagine, agora, um grupo de pessoas empurrando um carro em uma subida, transpirando enquanto fazem gemidos com suas bocas, tentando manter o veículo se movimentando. É assim que muitos cristãos vivem hoje.

Muitos vivem atrás do carro empurrando-o – não apenas o membro de igreja, mas também o pastor, os presbíteros e muitos outros – tentando fazer com que a vida cristã funcione.

O problema é que empurrar não é o que eles precisam. O que eles precisam é ter combustível no tanque para quando virarem a chave e derem partida no carro, ele seja capaz de se movimentar pelo próprio poder gerado pela combustão do combustível.

Agora, vamos trazer para a realidade bíblica.

O Evangelho é o motor. O combustível é o Espírito Santo.

Quando o cristão começa a entender o que significa ser um cristão, isso faz toda a diferença.

Experimente o poder do Evangelho na sua própria vida

Em vez de “empurrar o carro”, tentando fazer o cristianismo funcionar na sua própria força e no seu poder, você pode experimentar a vida da maneira que Deus preparou para você.

O Evangelho é o poder que dá força à sua vida cristã; é a salvação de Deus em ação.

Porém, ao contrário do que muitos imaginam, ele é muito mais do que o ponto de entrada para a vida cristã.

Ele não é apenas uma mensagem de salvação que necessitamos num determinado dia, quando levantamos a nossa mão e aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, achando que, depois daquele momento, não mais precisamos dele. Ou, quem sabe, precisamos dele somente quando o compartilhamos com outras pessoas tentando levá-las à salvação. Não é isso!

O Evangelho fala da salvação de Deus continuamente operando em nossas vidas. O Evangelho não é apenas o método de salvação de Deus, é também o método de vida que Deus tem para cada um de nós.

O Evangelho foi planejado por Deus para englobar todas as áreas da sua vida. É um Evangelho completo para a vida cristã!

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe e abençoe a vida de alguém!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *