Três características da generosidade que não devem sair do seu coração

O que é generosidade para você?

Para muitos, ser generoso é ajudar pessoas com dinheiro. Para outros, envolve a doação do seu tempo em algum trabalho voluntário. Para outros, generosidade pode significar ainda ajudar projetos sociais doando objetos para a realização de leilões e eventos de caridade. Mas, e a Bíblia, o que fala sobre esse tema?

A Palavra de Deus tem resposta para cada uma das nossas dúvidas. Ela também traz conselhos e orientações para todas as áreas da nossa vida, inclusive sobre finanças, prosperidade e generosidade. Além disso, a Bíblia nos ensina sobre o estilo de vida de um filho de Deus.

Hoje, queremos compartilhar com você quatro características que a Bíblia apresenta sobre generosidade. Antes disso, porém, vamos mostrar a quem pertence o coração mais generoso de todos os tempos e te mostrar porque precisamos buscar um coração generoso todos os dias.

A quem pertence o coração mais generoso de todos os tempos?

Deus é a pessoa mais generosa de todos os tempos. Ele criou o mundo e, diante do problema causado pela entrada do pecado no mundo, encontrou uma solução dolorosa: entregar seu único filho para pagar o preço por toda a humanidade.

Você morreria por um assassino condenado ou por alguém que virou as costas quando você mais precisava? Jesus, por outro lado, se entregou por pessoas que ele nem sabia se aceitariam o seu amor.

O amor de Deus pelo homem é tão grande que Ele não mediu esforços para nos oferecer a oportunidade de retornar à condição de filho amado. Jesus foi a maior prova de amor e generosidade de todos os tempos.

Como filhos, podemos ser como o nosso Pai é. O caráter dEle está em nós.

Por que buscar um coração generoso todos os dias?

Você é um filho de Deus?

Se sua resposta é sim, você também é um embaixador do Reino dos céus e carrega a identidade do seu Pai por onde passa. Logo, você é a expressão do caráter de Deus nos ambientes onde está.

A Bíblia fala em Romanos 8:19 que “a criação aguarda com ardente expectativa a manifestação dos filhos de Deus”. Em outras palavras, o mundo está esperando ver em nós o caráter amoroso, fiel e generoso do Senhor em todos os lugares e situações.

Deus mostrou seu imenso amor ao mundo através de Jesus e, hoje, Ele se revela ao mundo através dos seus filhos. Ele cuida de nós em detalhes e nos ama incondicionalmente.

Três características bíblicas da generosidade que fazem toda a diferença na vida de um filho de Deus

1. Ser generoso é uma disposição do coração doador

A generosidade não é uma característica da razão. Ela nasce no coração do homem e faz parte do caráter que Deus deu aos seus filhos.

Quando estamos diante de uma situação de dúvida e deixamos a mente determinar nossas atitudes, nos colocamos à disposição do medo de algo nos faltar e das limitações que os nossos olhos enxergam. Contudo, como filhos de Deus, não somos guiados pelo que vemos, mas pelo que cremos.

Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá.” (Provérbios 11:24-25)

2. A generosidade não depende do saldo da conta bancária

Um coração generoso não toma decisões se baseando no medo. Ele escolhe dar preferência à voz do Espírito Santo a cada momento e agir como a Palavra o direciona. Essa atitude tem relação direta com o nível de relacionamento entre o homem e Deus.

Quando escolhemos viver pela fé, experimentamos um desafio constante: abrir mão da razão para dar preferência à Palavra de Deus. Escolher obedecer à voz de Deus é a melhor decisão que podemos tomar. A obediência é sempre uma escolha.

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.” (2 Coríntios 9:7)

3. O coração generoso prosperará

No Reino de Deus, a lei da semeadura e da colheita não falha. Segundo ela, nós vamos colher o que plantamos. Se você planta com generosidade, colherá com abundância. Isso se aplica às atitudes, mas também ao dinheiro.

Deem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês” (Lucas 6:38)

A generosidade traz bênção para nossas vidas porque revela quem ocupa o primeiro lugar em nosso coração. Portanto, dízimo e ofertas não são uma questão de porcentagem, mas de obediência. Eles são sementes.

Como conservar um coração generoso em meio aos problemas da vida?

A Bíblia nos ensina sobre a identidade e o caráter do Pai. Nela, encontramos resposta para cada uma das nossas ansiedades, medos e incertezas. Além disso, a Palavra de Deus garante que existe uma paz que vem do céu e excede a nossa capacidade de compreensão.

A “paz que excede todo entendimento” é resultado de um coração que tem certeza da fidelidade do seu Pai celestial. Por isso, não importa o que esteja acontecendo, ele entende que a melhor decisão que pode tomar é obedecer à direção do Espírito Santo.

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6-7)

O que Deus está te pedindo para fazer hoje? Perdoar alguém? Investir na relação com seus filhos? Entregar uma oferta especial para um propósito específico? Independente do seu caso, você precisa saber que a decisão mais segura que você pode tomar é obedecer ao que Deus te diz para fazer.

Para caminhar com Deus, precisamos exercitar a fé todos os dias. Quanto mais colocamos nossa crença em ação, mais forte ela se torna. Por isso, o segredo para viver pela fé é manter em alta a consciência de quem Deus é e da sua fidelidade. Quando nosso coração está firmado nessa certeza, descansamos na Verdade.

A bênção de Deus se manifesta em nossas vidas a partir do momento que escolhemos obedecer ao que Ele nos diz.

Gostou do conteúdo? Compartilhe e abençoe a vida de alguém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *