Você tem motivos para celebrar o Natal

Dezembro chegou. Com ele, vieram as férias escolares e as confraternizações de fim de ano. As cidades estão cheias de presépios, árvores, renas e papais-noéis em todos os lugares. Esse é um sinal de que está chegando a hora de celebrar o Natal.

Não é incomum sermos lembrados da proximidade do Natal por causa das decorações espalhadas e ressurgir um debate: cristão deve celebrar o Natal?

Independentemente do que você acredita, não podemos negar que esta época é reconhecidamente um período de perdão e reconciliação. As desavenças ficam de lado, o amor e a união são valorizados.

Por mais bonito e agradável que este cenário seja, não podemos esquecer que a verdadeira razão do Natal é uma pessoa: Jesus. Ele é o cumprimento da promessa de salvação divina, o único que poderia nos redimir de uma natureza pecaminosa. Esse já é um motivo muito especial para comemorar o Natal.

Celebrar o Natal é comemorar a vida de uma pessoa: Jesus

Por mais linda que uma decoração cheia de árvores, papais-noéis e guirlandas seja, elas não refletem o valor do verdadeiro motivo do Natal.

Nesta data, celebramos o nascimento de Jesus. Ainda que a data não seja exata, ter um dia para festejar o cumprimento da promessa da salvação é motivo de grande alegria.

Jesus veio ao mundo como um bebê, carregando uma história sobrenatural, desde a sua concepção.

Maria, uma virgem, ficou grávida pelo poder do Espírito Santo (Lucas 1:35). José, seu noivo, em obediência às palavras de um anjo, recebeu Maria como sua esposa (Mateus 1:18-25).

O nascimento de Jesus foi anunciado a pastores e reis magos por um coral de anjos e uma estrela (Lucas 2). Em uma noite especial, o Messias aguardado por gerações inteiras chegou.

O nascimento de Jesus marcou o início de um novo capítulo na história humana. A partir desse momento, o sacrifício definitivo aconteceria e o sangue de cordeiros não seria mais necessário para o perdão dos pecados. Como não ser grato e celebrar isso?

Celebrar o Natal é comemorar o maior presente de todos os tempos

Você gosta de ganhar presentes?

É difícil encontrar alguém que responda “não” a essa pergunta. Ganhar presentes é uma situação, quase sempre, agradável. Afinal, é receber alguma coisa pela qual não trabalhamos para conquistar.

O nascimento de Jesus foi um presente gracioso para o ser humano, algo que não merecíamos. Deus sabia disso, mas, ainda assim, decidiu nos amar e enviar o Seu único filho em nosso lugar. Como não celebrar isso?

Jesus é um presente de Deus para nós. Ele nos salvou quando não havia nada que pudéssemos fazer para alcançar o perdão pelos nossos pecados (Efésios 2:4-5). Ele se fez pecado por nós para nos justificar e dar a vida eterna (2 Coríntios 5:21).

A vida de Jesus nos presenteia com mais do que a salvação. Ela nos transforma e nos dá direito a receber e desfrutar de cada uma das bênçãos que Deus prometeu em Sua Palavra. O maior presente que Jesus nos deu foi a sua própria vida. Por isso, somos convidados a celebrar a vida dEle.

Celebrar o Natal é comemorar a nossa reconciliação com Deus

A chegada do Messias era aguardada por gerações e se cumpriu com o nascimento de Jesus. Nessa noite, uma grande celebração tomou os céus e a terra. Era Deus mostrando que o maior milagre de todos os tempos estava se aproximando.

A chegada do salvador foi um evento tão incrível que, mesmo sem conhecer a data exata, podemos escolher celebrar a vida de Jesus tanto no dia 25 de dezembro quanto em qualquer outro dia do ano.

Enquanto Jesus esteve entre nós, sua vida foi marcada pela manifestação do amor de Deus. Ele mostrou o caráter fiel e perdoador do Pai. Para entender o tamanho do amor de Deus por nós, basta olhar para o tamanho do sacrifício de Jesus. Celebrar o Natal é festejar o amor de Deus por nós.

Com Jesus, todo dia é Natal

Quando pensamos no Natal, olhamos para a chegada do Messias, o maior presente que poderíamos ganhar.

Por isso, pouco importa se Jesus nasceu em dezembro ou não. O valor desta data está na marca que ela deixou em toda a humanidade.

O verdadeiro Natal é a celebração do nascimento de Jesus. Ele era o único que podia vencer o pecado em nosso lugar e nos presentear com a vida eterna. Isso custou um preço de sangue.

Portanto, celebrar o Natal é se alegrar porque Deus cumpriu Sua promessa de salvação. Ele deu ao homem a chance de voltar a se relacionar com o criador. Por consequência, podemos desfrutar de cada uma das bênçãos preparadas para nós antes da fundação do mundo.

“Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.” (João 1:12-13)

Jesus é o maior presente que você, sua família, seus amigos e até para aqueles que você acredita que não merecem podem receber. Ele veio nos dar “vida em abundância” (João 10:10).

A salvação em Jesus é o maior presente que você pode receber, esse também é o maior presente que você pode dar. Então, para desejar um “Feliz Natal!” a quem você ama, compartilhe este texto e mostre a essa pessoa quem é o maior presente de todos os tempos.

Feliz Natal! Que a vida de Jesus reine abundantemente em você e na sua casa.

Gostou do conteúdo? Compartilhe e abençoe a vida de alguém!

One thought on “Você tem motivos para celebrar o Natal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *